LOADING

Type to search

A desconfiança crescente na política russa

Share

O governo de Vladimir Putin, um mês após sua eleição, não será caracterizado por um ambiente interno de confiança política. Os protestos contrários ao seu governo, que tiveram início em meados de dezembro de 2011, não parece que cessarão tão cedo. Segundo pesquisa realizada pela “Levada Centre”*, 17% dos russos concordam em serem governados por Putin em um período de seis anos, em oposição, mais de 40% esperam uma novidade no Kremlin (sede do Governo).

 

Para o analista Mikhail Dmitriev, responsável pelo “Centre for Strategic Research”, o descontentamento russo não se encontra mais restrito às classes médias das grandes cidades*. As eleições regionais demonstraram o crescimento da desconfiança ao Governo; candidatos da oposição foram eleitos com facilidade, derrubando os nomes fortes do Kremlin. Dmitriev afirma que há falta de confiança em âmbito federal, fazendo com que políticos regionais ganhem mais prestígio.

Contudo, algumas pequenas mudanças começam a ser realizadas pelo governo russo. No último domingo, 8 de abril, centenas de manifestantes ocuparam a “Red Square”, em Moscou, como forma de protesto ao Governo, entretanto, em oposição ao histórico recente e demonstrando uma tolerância não muito comum, tal manifestação não foi repreendida pelas autoridades**.

————-

Fontes:

* Ver:

http://www.economist.com/node/21552241

** Ver:

http://www.guardian.co.uk/world/2012/apr/08/russia-red-square-protest

Thiago Babo - Colaborador Voluntário

Mestrando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (Usp); Bacharel em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Puc-SP). Colaborador do Núcleo de Análise da Conjuntura Internacional (NACI) e do Núcleo de Estudos de Política, História e Cultura (Polithicult). Experiência profissional como consultor de negócios internacionais. Atua nas áreas de Política Internacional, Integração Europeia, Negócios Internacionais e Segurança Internacional. No CEIRI NEWSPAPER é o Coordenador do Grupo Europa.

  • 1

Deixe uma resposta