LOADING

Type to search

Aberta a “Reunião Anual de Investimento Chinês no Exterior”

Share

No dia 22 de agosto, foi aberta no “Centro de Convenções e Exposições de Hong Kong”, a segunda “Reunião Anual de Investimento Chinês no Exterior”. O Evento foca o tema de “Transição da Economia Mundial e Novo Modelo de Investimento Exterior da China”, contando com a presença de representantes políticos e de negócios de toda a China e de outros países.

Para o presidente da Confederação de Indústria e Comércio da China, Huamg Mengfu, as empresas privadas chinesas estão se tornando fortes players nos negócios internacionais, pois muitas estão tentando abrir negócios fora da China. Afirmou: “As empresas privadas chinesas alargaram os seus objetivos e o volume de negócios tem aumentado. Tanto nos mercados emergentes quanto nos países avançados, as empresas privadas chinesas estão deixando marca. Nos últimos anos, o governo tomou uma série de medidas para apoiar estas empresas, o que criou um bom ambiente para o desenvolvimento de um percurso no exterior”*.

 

O movimento do empresariado chinês em abrir negócios no exterior e a cooperação existente entre a China continental e suas zonas de administração especiais estão criando uma via de mão dupla: enquanto os chineses levam investimentos para o exterior, o país recebe mais representações estrangeiras.

Segundo dados do “Ministério do Comércio de Hong Kong”, apenas no primeiro semestre deste ano (2012), a região especial recebeu 65% do total dos investimentos estrangeiros não financeiros da China, ou foi palco para a sua concretização.

Hong Kong” sempre foi muito bem conceituada pelos empresários em todo o globo, tendo ela uma das principais “Bolsas de Valores” do mundo, além de ser um grande centro de encontro de negócios em toda região.

Hoje, com as empresas chinesas buscando investir no exterior e algumas empresas estrangeiras tratando de abrir representações comerciais no gigante asiático, as regiões administrativas da China poderão ser um espaço para receber os negócios internacionais, além de apenas servir de plataforma para o comércio exterior.

—————-

Fonte:

* Ver:

http://portuguese.cri.cn/561/2012/08/22/1s155249.htm

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!