LOADING

Type to search

Aberta consulta pública sobre “Acordo MERCOSUL – Estado Palestino”

Share

Foi publicada no “Diário Oficial da União”, no dia 14 de novembro, a Circular n° 59/2011* que abre “Consulta Pública” sobre o “Acordo de Livre Comércio” entre o MERCOSUL e o “Estado da Palestina”.

 

Por meio desta Consulta, o setor privado brasileiro poderá se manifestar sobre a “Lista de Pedidos Específicos” para a oferta brasileira solicitada pelos palestinos no prazo de 15 (quinze) dias. Para orientar a Consulta, é importante acessar a Planilha** com a listagem dos produtos.

As manifestações de interesse deverão ser formuladas, exclusivamente, por associações ou entidades de classe e encaminhadas por meio eletrônico a: [email protected]

—————————–

* Ver:

http://www.in.gov.br/imprensa/visualiza/index.jsp?jornal=1&pagina=76&data=14/11/2011

** Ver:

http://www.mdic.gov.br/sitio/interna/interna.php?area=5&menu=3346&refr=1893

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.