LOADING

Type to search

Agência Brasileira de Cooperação divulga Relatório de Atividades do ano de 2017

Share

No dia 10 de setembro de 2018, a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) lançou o seu Relatório de Atividades referente ao ano de 2017. Neste documento foram listadas as ações de cooperação do Brasil para o exterior, na vertente Sul-Sul bilateral, com países em desenvolvimento na África, América Latina, Ásia, Caribe, Oceania e Leste Europeu, bem como iniciativas de cooperação técnica trilateral, em associação com organismos internacionais e com países desenvolvidos parceiros, efetivadas no ano de 2017. 

Logo da ABC

Em 2017, a ABC coordenou cerca de 610 iniciativas de cooperação técnica. Nas ações bilaterais, foram despendidos aproximadamente US$ 7,3 milhões de dólares (em tono de 30,1 milhões de reais, na cotação do dia 12 de setembro). Já a cooperação trilateral com países desenvolvidos em beneficio de países em desenvolvimento promoveu a realização de 24 projetos. A cooperação trilateral com organismos internacionais tem permitido a expansão da pauta brasileira de cooperação Sul-Sul, totalizando, em 2017, 39 projetos em execução, beneficiando 14 países da América Latina e Caribe e 9 países da África, com destaque para Argentina, Colômbia, Costa Rica, Equador Paraguai e Peru, na América Latina e Caribe, e Etiópia, Guiné-Bissau, Malaui, Moçambique, Senegal e São Tomé e Príncipe, na África. A execução financeira da cooperação trilateral com organismos internacionais foi de cerca de US$ 10,7 milhões de dólares (em tono de 44,1 milhões de reais, na cotação do dia 12 de setembro)

De acordo com as informações do Relatório, “a atuação da ABC nos países da região, guiada pelas demandas recebidas e em consonância com a política externa do governo brasileiro, busca priorizar os países da América do Sul, bem como aqueles de menor índice de desenvolvimento humano (IDH), com o objetivo de contribuir para a diminuição da desigualdade no continente americano”.

Com objetivo de promover a transparência das ações da Agência, em 2017 foi implantada a área de comunicação, passando a informar e tornar conhecidos os programas e projetos desenvolvidos pela cooperação técnica e humanitária do Brasil, bem como sobre seus impactos. Além de disseminar notícias, fotos, vídeos e materiais institucionais sobre os projetos, o Núcleo de Comunicação é responsável também por intermediar a relação com a imprensa.

Pode-se verificar que o Relatório possui uma característica abrangente, pois o leitor/pesquisador/analista não poderá avaliar por ele a efetividade dos projetos e a aplicação dos orçamentos informados sem o detalhamento dos mesmos.

———————————————————————————————–

Fontes das Imagens:

Imagem 1 Capa do Relatório de Atividades de 2017 da Agência Brasileira de Cooperação” (Fonte):

http://www.abc.gov.br/api/conteudoimagem/1554/gd

Imagem 2 “Logo da ABC” (Fonte):

https://www.facebook.com/ABCgovBr/photos/a.494493604012613/494494037345903/?type=1&theater

                                                                                             

Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!