LOADING

Type to search

Alemanha perde exportações com sanções contra Rússia‎

Share

Essa semana (em 23 de julho), um grupo responsável pela defesa dos interesses nos negócios das empresas alemãs revelou que as sanções impostas à Rússia fizeram as exportações alemãs para este país depreciarem em torno de 4,4 bilhões de euros[1]. Sendo importante lembrar que, até 2012, em torno de 6.000 empresas da Alemanha mantinham operações na Federação Russa e as exportações nesse período envolviam corporações que, somadas, empregavam 300 mil alemães.

Segundo analistas, o potencial da Rússia em recuperar sua economia é o que mantém países ocidentais investindo na manutenção das câmaras de comércio e contratando lobistas para representar seus interesses em busca do fim das sanções, mesmo quando alguns governos ocidentais procuram incentivar uma retração de investimento nos países de cultura eslava.

É preciso relembrar que as quedas de exportações da Rússia para o Ocidente ocorreram também em resposta às sanções levantadas contra o país. A redução das exportações russas se deram principalmente como réplica por parte dos russos àquelas sanções que foram aplicadas pela União Europeia, que são consideradas por Moscou como ilegais e desrespeitosas às regras de procedimento das organizações internacionais. Inclusive, ainda corre o processo aberto pela Federação Russa junto a OMC contra o Estados Unidos e as sanções por eles impostas, identificadas como arbitrárias.

Não havendo uma condução das sanções por vias jurídicas internacionais ou as suspensões das mesmas, especialistas acreditam que também serão mantidas as sanções russas contra a União Europeia, continuando a prejudicar os negócios de exportação da Alemanha, o que pode levar a depreciações maiores que as relatadas de 4,4 bilhões de euros, ultrapassando a casa dos 20 bilhões, algo que coloca em risco milhares de empregos alemãs.

————————————————————————————————

Imagem (Fonte):

http://www.themoscowtimes.com/upload/iblock/a8f/German_flag_u7664379976t.jpg

————————————————————————————————

Fonte Consultada:

[1] Ver Sanctions Cut German Exports to Russia by 34 Percent” (Publicado em 23 de julho de 2015):

http://www.themoscowtimes.com/business/article/526118.html

Daniel Costa Sampaio - Colaborador Voluntário Júnior

Pósgraduado em Ciência Política (IUPERJ) e Bacharel em Relações Internacionais (UCAM). Experiência profissional em Representação Comercial e atualmente Gerente de Projetos e Novos Negócios na Prefeitura do Rio de Janeiro. No CEIRI Newspaper escreve no grupo Europa desde março de 2013, em que desenvolve publicações com ênfase na Política Externa Russa.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!