LOADING

Type to search

[:pt]Apesar da crise, aumentaram os investimentos estrangeiros na Venezuela[:]

Share

[:pt]

Apesar da extensa e prolongada crise que o país enfrenta, com movimentos de greve, índices negativos e notícias de violência política que vem preocupando a Comunidade Internacional, a Venezuela pode estar vislumbrando um caminho econômico para tentar minorar a instabilidade pela qual passa. Conforme divulgado na mídia, dentre os países latino-americanos, ela obteve um aumento significativo de investimentos diretos vindos do exterior, em 2015, chegando a 153%, comparativamente a 2014.

Tal levantamento foi publicado pela Cepal, através do documento “O Investimento Estrangeiro Direto na América Latina e Caribe – 2016”, que relata, dentre outros assuntos, que os países podem aproveitar esses aportes de recursos para diversificarem suas economias, potencializarem a inovação e responderem aos desafios da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Vale ressaltar que a área que impulsionou esse índice foi o setor petrolífero, pois, em 2012, houve atração de investimentos. Segundo, Álvaro Calderón, representante de assuntos econômicos da divisão de desenvolvimento produtivo e empresarial da Cepal, “A Venezuela é um país complicado de atrair investimentos em setores que não seja o petrolífero”. Os pesquisadores da Cepal, entretanto, afirmam que esses números são, na verdade, uma “anomalia estatística” e não um crescimento real, já que decorrem apenas da comparação com um ano em que os investimentos foram muitos baixos.

Apesar dessa observação, analistas acreditam que, mesmo diante da situação política e dos problemas que o país tem vivido, esse canal de atração de investimentos estrangeiros diretos pode colaborar para minimizar e instabilidade na Venezuela.

———————————————————————————————–                    

ImagemManifestantes em Caracas 12/02/2014” (Fonte):

https://pt.wikipedia.org/wiki/Protestos_na_Venezuela_em_2014%E2%80%932016

 [:]

Jamile Calheiros - Colaboradora Voluntária

Bacharel em Relações Internacionais e Direito, com especializações em Direito Público Municipal e em Política e Estratégia. Aluna especial no Mestrado Acadêmico em Administração pela UFBa. Possui experiência na área jurídica adquirida em estágios em escritórios de advocacia, Petrobrás, Assembléia Legislativa e Câmara dos Deputados. Tem experiência internacional, em Dublin – Irlanda. Diretora Institucional da BBOSS. Voluntária [email protected] - Project Management Institute – Capítulo Bahia, Diretoria de Alianças e parcerias desde Agosto de 2015.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.