LOADING

Type to search

Após rejeição da Suíça, Deputado brasileiro solicita explicações pela decisão brasileira em adquirir o caça Gripen NG

Share

O Ministro da Defesa do Brasil, Celso Amorim, será convidado[1] a explicar na Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional a decisão brasileira de adquirir o caça sueco Gripen NG.

O tema entrou em pauta após a Suíça ter decidido, em Plebiscito, rejeitar[2] a compra dos caças Gripen da empresa sueca SAAB. O deputado Antônio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP), declarou que a posição suíça “joga muitas incertezas em relação ao contrato a ser firmado pelo Brasil com a fabricante Saab[1], portanto, a escolha deverá ser explicada em detalhes ao Congresso. Ele ressaltou ainda que o Brasil agora é o único cliente dos suecos.

Além da questão dos caças, o Deputado “quer explicações sobre a decisão brasileira em adquirir um lote do míssil Harpoon Block II por quase US$ 9 milhões, quando a Índia acaba de comprar o mesmo armamento por US$ 4,4 milhões[1]. De acordo com as informações da Câmara[1], o míssil ficará no P-3, avião responsável pelo patrulhamento da costa brasileira.

———————————————–

Imagem (Fonte):

 http://www.aereo.jor.br/wp-content/uploads/2008/09/gripen-ng-2.jpg

———————————————–

Fontes Consultadas:

[1] Ver:

http://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/credn/noticias/amorim-tera-de-explicar-compra-do-gripen-e-de-misseis-dos-eua

[2] Ver:

http://jornal.ceiri.com.br/em-referendo-suicos-rejeitam-novo-salario-minimo-e-compra-dos-cacas-gripen/

Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.