LOADING

Type to search

Austrália e BID criam fundo para inclusão financeira na América Latina

Share

A “Agência Australiana para o Desenvolvimento Internacional” (AusAID) criou um “Fundo Fiduciário” com o “Banco Interamericano de Desenvolvimento” para financiar projetos inovadores de redução de pobreza na América Latina, anunciou o “Fundo Multilateral de Investimentos” (FUMIN) do BID.

 

De acordo com a nota divulgada pelo BID, a AusAID contribuirá com aproximadamente US$ 10,2 milhões ao “Fundo Fiduciário” e o FUMIN fará uma contribuição equivalente a da Agência australiana. A associação AusAID-FUMIN dará prioridade aos países mais pobres da região. As doações de cooperação técnica do fundo fiduciário serão focados em projetos de inclusão financeira que ajudem a populações tradicionalmente excluídas e outros grupos carentes de acesso a ferramentas para superar a pobreza, tais como serviços financeiros, capacitação trabalhista, técnicas de agricultura efetivas ou serviços básicos.

Criada em 1974, a AusAID administra o programa de cooperação exterior do governo australiano, que se concentra na região Ásia-Pacífico, embora também se estenda à África e, mais recentemente, à América Latina. O FUMIN, entidade integrante do “Grupo BID”, promove a redução da pobreza na América Latina e Caribe através do desenvolvimento do setor privado, com ênfase na micro e a pequena empresa.

—————

Fonte Consultada:

http://www.iadb.org/en/news/news-releases/2011-09-19/australias-ausaid-establishes-trust-fund-at-idb,9550.html

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!