LOADING

Type to search

Bahia busca parceiros alemães para o “Parque Tecnológico”

Share

Com objetivo de diversificar a economia da Bahia (nordeste do Brasil), está em fase de construção o seu “Parque Tecnológico”. Os organizadores deste empreendimento estão buscando parceiros alemães para a área de “terapia celular” e para a implantação de um “centro de diálise” e uma “unidade de fabricação de produtos de higienização”.

 

O complexo deve ser inaugurado ainda este ano e vai abrigar empresas de base tecnológica, centros de pesquisas, universidades e incubadoras de empresas, proporcionando qualificação de mão de obra e fomentando à competitividade das empresas locais.

Para atrair o interesse dos alemães, o senador baiano Walter Pinheiro está na Alemanha visitando empresas e conhecendo tecnologias. Algumas instituições alemãs já fecharam Acordos com o “Parque Tecnológico”, como o instituto de pesquisa alemão “Fraunhofer”, que vai integrar o “Tecnocentro”, prédio central do empreendimento, juntamente com a “Universidade Federal da Bahia”.

De acordo com a agência de notícias “AHK Brasil”*, o “Parque Tecnológico” já recebeu investimento de mais de R$ 50 milhões para obras de infraestrutura e equipamentos, com recursos do “Governo da Bahia” e do “Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação”.

———————————

Fonte Consultada:

*Ver: http://www.brasil.diplo.de/Vertretung/brasilien/pt/__pr/Nachrichten_20Archiv/24.02_20Parque_20Tecnologico.html?archive=3503044

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!