LOADING

Type to search

Barack Obama batalha contra novo lock-out promovido pelo “Partido Republicano”

Share

Enquanto tenta garantir os procedimentos do Acordo de eliminação das armas químicas de posse do governo da “República Árabe da Síria”, o “Presidente dos Estados Unidos da América”, Barack Obama, trava uma batalha também em casa.

O “Partido Republicano”, que controla a “Casa dos Representantes” (“Câmara Baixa do Congresso Americano”), votou na última sexta-feira, dia 20 de setembro, uma lei que corta gastos do chamado Obamacare[1]. O sistema de atenção básica de saúde, oficializado por Obama em seu primeiro mandato, criou uma reforma no atendimento à população americana, facilitando o acesso àqueles que não detinham planos de saúde privados[2].

O voto republicano contra o Obamacare é parte de uma batalha à qual a administração Obama está se acostumando – a ameaça anual de lock-out que os republicanos aplicam ao governo democrata[3]. O lock-out é uma estratégia na qual o governo se vê sem a possibilidade de elevar o teto da sua dívida e, portanto, não tem como gastar seus recursos ao longo dos últimos meses do ano.

A Lei aprovada pode potencialmente fazer com que o Senado seja obrigado a aceitar a destituição de fundos de acordo com o desejo da Casa, representada pelo seu presidente, o republicano John Boehner[4]. Caso se veja dentro da perspectiva de não ter como elevar o teto da sua dívida, não apenas o atendimento direto de agências governamentais pode ser prejudicado, mas também o financiamento de uma possível ação militar na Síria pode se ver reduzido.

——————————

Fontes consultadas:

[1] VerHouse GOP launches shut-down battle by voting to defund Obamacare”, em:

http://us.cnn.com/2013/09/20/politics/congress-spending-showdown/index.html?hpt=hp_t2

[2] O “Obamacare”, denominado oficialmente como “Ato para Proteção aos Pacientes e Cuidados de Saúde Acessíveis”, está disponível em sua legislação através da “Imprensa Oficial dos EUA, em:

http://www.gpo.gov/fdsys/pkg/PLAW-111publ148/html/PLAW-111publ148.htm

[3] VerVote to Defund Obamacare Primes Showdown Over Shutdown”, em:

http://www.huffingtonpost.com/2013/09/20/government-shutdown-vote_n_3961908.html

[4] Em uma ação pública após aprovar a Lei, Boehner afirmou que espera que o Senado americano siga a linha de raciocínio da “Casa dos Representantes” e aprove o fim do financiamento ao Obamacare (a entrevista pode ser vista no link nº 1).

 

Gustavo Blum - Colaborador Voluntário

Mestrando em Geografia pela Universidade Federal do Paraná, com Especialização de Gestão de Projetos pela FAE Business School e Internacionalista formado pelo Centro Universitário Curitiba. Tem experiências nas áreas acadêmica e institucional, em análise e criação de cenários políticos e econômicos, oportunidades e desafios públicos e privados. Atualmente, é responsável pela área de Relações Institucionais da Câmara Americana de Comércio para o Brasil em Curitiba (AMCHAM Brasil - Curitiba).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.