LOADING

Type to search

BID lançou estudo sobre o programa de abertura de empresas em Minas Gerais

Share

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) lançou um estudo que analisa a iniciativa liderada pelo Governo do Estado de Minas Gerais sobre a simplificação do processo de abertura de empresas. O estudo, denominado Inovação na Prestação de Serviços Públicos: descomplicar para avançar – O caso Minas Fácil, foi realizado com base em análise documental sobre o tema e entrevistas junto a diversos atores envolvendo Governos: Federal, Estadual e Municipais.

Segundo consta no relatório, a simplificação do processo de abertura de empresas e a articulação dos principais órgãos públicos responsáveis nos três níveis governamentais, possibilitou reduzir prazos, trâmites e custos, diminuir a informalidade, além de contribuir para o desenvolvimento econômico e social de Minas Gerais. Dessa forma, os cidadãos puderam iniciar suas atividades empreendedoras seguindo quatro etapas simples, sendo três delas feitas pela internet e uma presencial.

A iniciativa conseguiu alcançar resultados, como a redução do tempo de abertura de empresas de 45 para seis dias, entre 2006 e 2014. Para saber mais como abrir uma empresa em Minas Gerais acesse: http://www.jucemg.mg.gov.br/ibr/servicos+atendimento-simplificado

———————————————————————————————–

Imagem (Fonte):

http://www.noticiasdeitauna.com.br/wp-content/uploads/2014/04/unnamed9-300×293.jpg

Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.