LOADING

Type to search

Brasil concedeu ao Zimbábue um empréstimo de milhões de dólares

Share

O Brasil concedeu ao Zimbábue um empréstimo de 300 milhões de dólares para apoiar seu Programa que visa a aumentar a produção de alimentos na África, informou nesta quinta-feira, dia 27 de outubro, o jornal oficial zimbabuano “The Herald”, citado pelo jornal “Folha de São Paulo”*.

 

O programa “é importante para o país porque leva em conta alguns dos desafios que enfrentamos para conseguir linhas de crédito para apoiar o setor agrícola”, afirmou o ministro da Agricultura zimbabuano, Joseph Made, citado pela “Folha”.

Made ressaltou ainda o apoio do Brasil para a implantação de uma grande usina de etanol na região de Chisumbanje, no sudeste do Zimbábue, onde é grande a presença de plantações de cana-de-açúcar. O país ainda ajudou a financiar esse projeto com US$ 600 milhões, além de fornecer engenheiros e assessoria técnica.

O Zimbábue, que já foi o “celeiro regional”, vem lutando para alimentar o próprio povo desde 2000, quando o governo do presidente Robert Mugabe começou a tomar fazendas de brancos para distribuí-las aos negros, ressaltou o jornal “O Globo”**.

————–

* Ver:

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/997438-brasil-empresta-us-300-mi-ao-zimbabue-em-apoio-a-agricultura.shtml

** Ver também:

http://moglobo.globo.com/integra.asp?txtUrl=/mundo/mat/2011/10/27/zimbabue-obtem-us300-mi-em-emprestimo-do-brasil-925668999.asp

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!