LOADING

Type to search

[:pt]Canadá retira obrigatoriedade de visto para mexicanos[:]

Share

[:pt]

No último dia 1º de dezembro, o Governo do Canadá retirou a obrigatoriedade de visto para mexicanos entrarem no país. A medida havia sido anunciada em junho deste ano (2016), quando Justin Trudeau, Primeiro-Ministro canadense, e Enrique Peña Nieto, Presidente do México, reuniram-se em Ottawa, durante a Cúpula das Américas.  Naquela ocasião, o Governo canadense se pronunciou afirmando que representantes dos dois países estudariam todos os detalhes para garantir que a retirada da obrigatoriedade ocorresse até final de novembro.

Em 2015, durante sua campanha, Trudeau já havia anunciado que pretendia acabar com a exigência de visto para cidadãos mexicanos, que tinha sido imposta em 2009, durante o Governo do então primeiro-ministro Stephen Harper. De então, esse era um ponto controverso nas relações entre o Canadá e o México, pois o governo de Harper visava diminuir consideravelmente as reivindicações de cidadãos mexicanos. Desde 2005, o México é o principal país de origem de requerentes de asilo no Canadá, mas a imposição do visto e de uma série de outros documentos atingiu o objetivo de Harper, já que, em 2009, registrou-se o pedido de asilo de 7.592 mexicanos e, após a implementação da obrigatoriedade, o número foi diminuído drasticamente, chegando a 321 solicitações, em 2012.

Segundo autoridades canadenses, a retirada da obrigatoriedade de visto reforça a grande importância que o Canadá atribui à amizade com o México. Para John McCallum, Ministro da Imigração canadense, essa decisão possibilitará o aumento das oportunidades comerciais e investimentos, fortalecendo assim as relações bilaterais entre os dois Estados. No entanto, alguns analistas apontam que, apesar da retirada, as mudanças ocorridas no Sistema de Imigração e Refugiados desde 2012, que dizem respeito às condições e ao período dos benefícios, devem restringir a entrada massiva de pedidos de asilo.

Vale pontuar que embora os mexicanos não necessitem mais de visto para visitar o Canadá, eles ainda precisarão de uma autorização, caso desejem estudar ou trabalhar no país. Ademais, embora o Documento não seja mais obrigatório, os cidadãos mexicanos ainda precisarão de uma Autorização de Viagem Eletrônica (ETA, na sigla em inglês) para poder circular pelo território canadense, tal qual ocorre com todos os demais países isentos de visto, exceto para o caso dos cidadãos dos Estados Unidos da América (EUA).

A medida anunciada pelo Governo canadense vai na contramão do discurso apresentado por Donald Trump, Presidente eleito dos Estados Unidos, que vem assinalando que seu governo adotará medidas para barrar entrada de mexicanos e outros imigrantes em solo estadunidense.

Cabe pontuar que, durante sua campanha eleitoral, Justin Trudeau havia prometido que retiraria a obrigatoriedade de visto também para a Bulgária, Romênia e Brasil, mas, até o momento, apenas o México teve sua demanda atendida, para os outros três casos apenas alguns grupos terão acesso ao benefício, a partir de maio de 2017, tais como pessoas que já tenham visitado o Canadá nos últimos 10 anos.

———————————————————————————————–                    

Press conference between Canadian Prime Minister Justin Trudeau and Mexican President Enrique Peña Nieto in Ottawa; 2016” / “Conferência de Imprensa entre o primeiroministro canadense Justin Trudeau, e o presidente mexicano Enrique Peña Nieto, em Otawa; 2016” – Tradução Livre (Fonte):

https://en.wikipedia.org/wiki/Canada%E2%80%93Mexico_relations

[:]

Jessika Tessaro - Colaboradora Voluntária Júnior

Pós-graduanda do curso de Especialização em Estratégia e Relações Internacionais Contemporâneas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). É Graduanda do Curso de Políticas Públicas da UFRGS e bacharel em Relações Internacionais pela Faculdade América Latina Educacional. No presente, desenvolve estudos sobre a geopolítica e a securitização dos Estreitos internacionais e Oceanos.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.