LOADING

Type to search

Candidata da “extrema direita” se destaca no cenário da eleição presidencial francesa, em 2012

Share

Marine Le Pen (“Frente Nacional” – FN), a candidata à Presidência da França, pela “extrema direita” em 2012, ganha impulso com as crises econômica, migratória e política no continente europeu. Analistas indicam que Marine deve se beneficiar também da prisão do ex-diretor do “Fundo Monetário Internacional” (FMI), Dominique Strauss-Kahn, que seria um dos candidatos mais cotados à Presidência.

 

Em entrevista ao jornal “Folha de São Paulo”, Le Pen declarou que o programa da “FN” prioriza “quem tem a nacionalidade francesa” (…), “no acesso ao emprego, às moradias sociais”. (…) “A solidariedade nacional deve ser reservada aos franceses, seja qual for a sua origem”. (…) “Sem nenhum ódio contra os estrangeiros”.

Para Le Pen, a imigração não deve ter considerada uma questão perigosa. Ela explica que a “imigração é muito dispendiosa. Pesa sobre o déficit publico, pois a escola e a saúde são totalmente gratuitas, fora os outros benefícios, como as moradias sociais”. Neste cenário, a candidata defende uma “moratória sobre a imigração”.

Na entrevista, Marine ressalta ainda ser contra o “Acordo de Livre Comércio” que está sendo negociado entre a “União Européia” e o “MERCOSUL”. “Esse acordo vai matar a agricultura francesa e, como dirigente francesa, penso primeiro nos interesses do meu país. Não quer dizer que outros acordos não possam ser feitos. Sou a favor do protecionismo inteligente”, destaca a candidata.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo instituto “Harris Interactive”, Marine poderá chegar ao segundo turno nas eleições de 2012 e tem boas chances vencê-las se enfrentar o presidente Nicolas Sarkozy.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!