LOADING

Type to search

Chávez continua com as estatizações

Share

Na noite de segunda-feira passada, dia 26 de setembro, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez anunciou por telefone para a estação “Venezuelana de Televisão”, que estatizará, ocupará e mudará a empresa de “ferry-boats” que fazem o transporte entre “Puerto La Cruz” (leste de Caracas) e a ilha de Margarita.

 

O Presidente declarou para a TV, por telefone: “Isto é um +tubazo+ (notícia importante de primeira mão): acabo de nacionalizar e ordenar a ocupação temporária da empresa Conferry. Já basta, isto é um desastre (…) Já temos um plano de recuperação, temos o diagnóstico com ferrys estragados”*.

O anúncio feito por Hugo Chávez ocorreu um dia antes de o ministro de “Energia e Petróleo” da Venezuela ter declarado que o país não aceitará as sanções do “Banco Mundial”, caso acate a demanda das empresas “Exxon Mobil” e ConocoPhillips contra o Estado venezuelano acerca de estatizações (eufemisticamente chamadas de nacionalizações) ocorridas em 2007**.

Analistas acreditam que o governo espera por novas demandas, uma vez que nos cálculos e avaliações feitos são desconsiderados fatores importantes nos custos dos empreendimentos, diminuindo o montante a ser recebido e, para contornar a contraposição, buscam o apoio popular adotando o discurso de atuar em benefício da sociedade.

Acreditam ainda que os processos de estatização serão acelerados neste momento, pois o mandatário está pensando nas eleições presidenciais do ano que vem, já que assim o governo tirará força dos opositores e usará de benefícios imediatos de curo prazo para aplicar em políticas e/ou apenas discursos assistencialistas, mantendo a base eleitoral que poderá garantir sua reeleição.

———————-

* Fonte:

Ver:

http://sicnoticias.sapo.pt/Lusa/2011/09/27/venezuela-hugo-chavez-anuncia-nacionalizacao-de-ferry-que-puerto-la-cruz-a-ilha-de-margarita

Ver:

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=10&id_news=533045 

** Ver nota publicada ontem, dia 29 de setembro, no “Site do CEIRI” sob o título: “Governo venezuelano anuncia que recusará sanções do ‘Banco Mundial”.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.