LOADING

Type to search

China e São Tomé e Príncipe dialogam sobre cooperação

Share

Anunciado no transcorrer da 6a Expo Internacional da Indústria do Turismo de Macau (MITE), realizada ao final do mês de abril deste ano (2018), a República Popular da China e São Tomé e Príncipe firmaram um Memorando de Entendimento para a Cooperação no âmbito do Turismo. O documento assinado tem como propósito estabelecer as bases do processo de Cooperação de caráter técnico, o qual envolverá o intercâmbio de conhecimentos sobre gestão, sistema de planejamento no turismo.

Mapa com a localização de São Tomé e Príncipe

Especificamente, esta parceria irá incluir a capacitação de funcionários do Governo de São Tomé e Príncipe da área turística, distribuída em três estágios durante um ano, e a transmissão de informações sobre o desenvolvimento desse mercado e suas capacidades. O Memorando firmado no MITE ainda prevê o incentivo à parceria e cooperação com as pequenas e médias empresas do setor e a participação em fóruns internacionais.

As relações sino-santomense foram formalmente estabelecidas em dezembro de 2016, no contexto do rompimento das relações diplomáticas com Taiwan. Desde então, implementou-se em Pequim a Embaixada santomense e assinou-se o Acordo geral de Cooperação nas áreas de energia, educação, agricultura, dentre outras.

Primeiro Ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada

O posicionamento do Primeiro Ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, sobre o redirecionamento diplomático está relacionado com objetivo do Governo em acompanhar as novas dinâmicas do Cenário Internacional, no que tange a economia mundial.

Segundo Trovoada, no contexto de rompimento com Taiwan, “São Tomé e Príncipe não pode discriminar e não pode ser discriminado, sobretudo porque a nossa visão de desenvolvimento passa por abertura, cooperação com todos, passa pelo posicionamento de São Tomé e Príncipe como uma plataforma de serviços no golfo da Guiné”.

Cabe destacar que o turismo, assim como a agricultura e o setor de construção estimularam o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do arquipélago em 2017, segundo o Fundo Monetário Internacional. Igualmente, é previsto que, em 2018, essa tendência permaneça e que o PIB do país atinja 6%.

———————————————————————————————–

Fontes das Imagens:

Imagem 1Bandeira da República Popular da China” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/ce/Chinese_flag_%28Beijing%29_-_IMG_1104.jpg/1024px-Chinese_flag_%28Beijing%29_-_IMG_1104.jpg

Imagem 2Mapa com a localização de São Tomé e Príncipe” (Fonte):

https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSjB6_14e72dKIxjMfwH-2Vn5wtkEBNJwdqB3tBMkeNTC7huj2r0Q

Imagem 3 Primeiro Ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/d8/Patrice_Trovoada_in_2012_-_face.jpg

Lauriane Aguirre - Colaboradora Voluntária

Bacharela em Relações Internacionais pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Dentre as áreas de interesse encontram-se Cooperação Técnica Internacional e Segurança Internacional. Como colaboradora do CEIRI Newspaper escreve sobre o continente africano, mas especificamente os países de língua portuguesa.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.