LOADING

Type to search

China: relação com o Japão baseia-se em princípios

Share

As divergências entre China e Japão em torno da soberania sobre as “Ilhas Diaoyu” (Senkaku) está longe de um fim tranqüilo. Nesta semana, o vice-ministro das relações exteriores, Zhang Zhijun, acusou os japoneses de roubarem as ilhas e declarou que seu país não abre mão da soberania sobre o arquipélago.
Ele usou fatos históricos, comunicando que antes de 1895 não existia disputa sobre as ilhas, apenas após as guerras entre o antigo “Império do Japão” com os demais países do leste asiático o arquipélago foi anexado pelos japoneses. A autoridade chinesa afirmou à imprensa que as relações de seu país com o Japão se baseia em princípios e respeita suas diferenças históricas e culturais em prol de um convívio pacífico.

Embora tenha havido um discurso que carrega no tom pacífico e na tentativa de promover as boas relações, Beijing não considera nenhuma proposta de deixar as Diaoyu sob posse japonesa e sua posição preocupa Tokyo, pois Xi Jinping é uma das autoridades no topo da lista dos sucessores ao atual presidente Hu Jintao.
Jinping é muito mais rígido que o atual Presidente em assuntos que envolvem os japoneses, principalmente no caso das Ilhas, por isso o Japão pretende resolver a questão antes da mudança de poder na maior potência asiática da atualidade.
————
Fontes:
Ver:
http://www.wantchinatimes.com/news-subclass-cnt.aspx?cid=1101&MainCatID=11&id=20121027000083
Ver:

http://portuguese.cri.cn/561/2012/10/27/1s157646.htm
Ver:

http://portuguese.cri.cn/561/2012/10/27/1s157645.htm

 

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

You Might also Like

Deixe uma resposta