LOADING

Type to search

Setor Vinicultor gaúcho faz exigências para estimular o setor

Share

O setor vinícola do Rio Grande do Sul começou a se articular, fazendo exigências ao legislativo estadual e federal para que ambos adotem medidas que auxiliem a produção. Representantes do setor estiveram na Comissão do MERCOSUL da Assembléia Legislativa do Rio Grande do sul com o intuito de apresentar pedidos aos governos, federal e estadual.

O principal é a redução do ICMS no Estado gaúcho, para garantir competitividade na comercialização para o mercado interno. Exigem que se faça como Santa Catarina que reduziu de 25% para 3% e do Paraná que zerou a alíquota.

Dentre as medidas, o setor está preocupado também com uma regulamentação dos vinhos que são importados dos países do MERCOSUL, os quais, além de terem qualidade comprovada e aceitação internacional garantida, entram no país fora do padrão que é exigido para os vinhos brasileiros, tornando-os mais baratos e competitivos em relação aos vinhos nacionais. A comparação pode ser feita no comércio local em Porto alegre, onde vinhos importados têm menor custo que os nacionais. Espera-se que essas medidas auxiliem o setor que tem crescido em produtividade e qualidade.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.