LOADING

Type to search

Empresários venezuelanos estão preocupados com o congelamento das relações com a Colômbia

Share

Em julho deste ano, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou o congelamento das relações com a Colômbia após as declarações do presidente colombiano, Alvaro Uribe, sobre a suposta venda de armas por parte da Venezuela para guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC)

Chávez, também ordenou que fossem reduzidas as importações de produtos daquele país e se fizesse a revisão do comércio bilateral.

 

Esta semana, empresários venezuelanos solicitaram a Hugo Chávez que reveja sua decisão de substituir as importações colombianas por produtos da Argentina e Brasil. Noel Álvarez, presidente da Fedecámaras – principal organização empresarial da Venezuela – alertou sobre a possibilidade do fechamento de indústrias e o aumento do desemprego, principalmente na região fronteiriça.

A Fedecámaras estima que pelo menos 240 empresas localizadas na fronteira Colombiano-venezuelana podem fechar se for mantido o congelamento das relações entre os dois países e cumprida a ordem de substituição das importações.

Já o presidente da Câmara Venezuelana-Colombiana, Daniel Montealegre, afirmou que é necessário cautela e considerar todos os custos, pois importar produtos da Argentina deverá aumentar o preço dos mesmos.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!