LOADING

Type to search

Confrontos entre grupos rivais permanece gerando tensão e instabilidade na Líbia

Share

Apesar do anúncio feito a poucas semanas da composição do “Governo Transitório” líbio, a situação continua tensa no país, ocorrendo confrontos armados entre grupos rivais, particularmente entre membros de Milícias e o “Exército Nacional Líbio” (ENL), além de estar ocorrendo manifestações contra o “Conselho Nacional de Transição” (CNT) que comandou o levante e foi reconhecido internacionalmente como o governo legítimo ao longo da rebelião no país.

 

Ontem, segunda-feira, dia 12 de dezembro, aproximadamente 200 pessoas manifestaram-se contra o CNT e o presidente Mustafa Abdeljalil exigindo transparência e acusando-os de comportar-se como o governo anterior, já que discriminam as cidades, devendos0-e ressaltar que ao referir-se às cidades os grupos de forma indireta referem-se às dezenas de tribos que constituem a sociedade líbia.

Os manifestantes gritavam “O CNT deve demitir-se”* e “Abdeljalil deve partir”*. Uma das manifestantes, a advogada  Tahani al-Sharif declarou a uma agência de notícias da França “Abdeljalil tem muitas perguntas para responder. O regime não mudou. Continuam a ser as mesmas pessoas que oprimem e marginalizam as cidades”*.

A situação no país caminha em busca da estabilidade, porém as diferenças entre os grupos, as exigências de parte das tribos, a grande quantidade de armas que está em posse da população, de milicianos e os gritos da população pela punição dos membros do governo deposto, atitude contrária a que deseja adotar o CNT, está levando ao acirramento dos ânimos e a retomada das manifestações, podendo ser um ponto de desequilíbrio no país e gerar novas ondas de violência, embora não se creia que haja condições para tanto, ao menos neste momento e até que sejam realizadas as eleições para o estabelecimento do definitivo governo líbio que inaugurará a nova etapa política do país.

———————-

Fontes:

* Ver:

http://www.tvi24.iol.pt/internacional/libia-conselho-de-transicao-tvi24/1307717-4073.html

Ver também:

http://sicnoticias.sapo.pt/Lusa/2011/12/12/libia-manifestacao-em-benghazi-denuncia-falta-de-transparencia-do-cnt

Ver também:

http://www.prensa-latina.cu/index.php?option=com_content&task=view&id=458869&Itemid=1

Ver também:

http://noticias.terra.com.br/mundo/africa/intervencaonalibia/noticias/0,,OI5513544-EI17839,00-Libia+grupos+armados+entram+em+confronto+em+Tripoli.html

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.