LOADING

Type to search

Banco Mundial e Siemens firmam convênio para combate a corrupção

Share

O Banco Mundial anunciou hoje a realização de um convênio com a empresa Siemens AG. Anunciou também uma pesquisa sobre corrupção em um projeto na Rússia, envolvendo a filial da Siemens. Durante os próximos 15 anos destinará recursos a programas anticorrupção e combate a fraudes.

 

 “Este convênio estabelece conseqüências importantes para a conduta inadequada da Siemens no passado. Ao mesmo tempo, a atual cooperação ampla da Siemens poderá ajudar ao Banco Mundial a frear outras empresas e indivíduos corruptos responsáveis pelo desvio de recursos valiosos para o desenvolvimento das pessoas que deles necessitam”, afirmou Leonard McCarthy, vice-presidente de Integridade no Banco Mundial.

“Este convênio de vanguarda faz avançar o programa de Governabilidade e Anti-corrupção do Banco Mundia,l refletindo a nova equipe diretiva da Siemens que incorporou um programa sólido e integral de cumprimento das normas e se comprometeu a acabar definitivamente com as práticas de corrupção nas operações da Siemens em todo o mundo”.

A cooperação da empresa com o Banco Mundial é conseqüência de uma série de investigações internacionais e processos relacionadas à fraude e corrupção nas suas operações. A nova diretoria confirmou as acusações após investigações e resolveu aplicar ações claras para eliminar focos de corrupção interna e auxiliar outras por meio do convenio com o Banco Mundial. É uma medida saneadora com o objetivo de se tornar modelo de ação para empresas com responsabilidade social.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.