LOADING

Type to search

BID aprova segunda etapa de projeto alfandegário entre países Mesoamericanos

Share

Neste mês de junho o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aprovou a segunda etapa do projeto de implementação do Trânsito Alfandegário Internacional de Mercadoria (TIM, em sua sigla em espanhol) nas fronteiras de todos os países da Mesoamérica (que inicia, aproximadamente, desde o centro do México, e inclui Guatemala, El Salvador,  Honduras, Nicarágua e Costa Rica).

O TIM é baseado na utilização massiva de alta tecnologia, o que elimina a utilização de papéis na padronização dos procedimentos de controle das alfândegas e dos serviços sanitários e

fitosanitários, sendo um sistema eficaz para a gestão e controle do trânsito alfandegário internacional.

A primeira etapa do projeto foi para a implementação de um “piloto” na alfândega de Amatillo, entre Honduras e El Salvador. Essa etapa alcançou o sucesso esperado, conseguindo reduzir o tempo de trânsito de carga em 90%, além de ter melhorado o controle fiscal bem como a rastreio das operações.

A segunda etapa objetiva expandir os resultados do projeto piloto para as alfândegas do México, Guatemala, El Salvador, Honduras, Nicarágua, Costa Rica e Panamá. Nesta fase haverá uma adaptação à expansão do projeto para identificação de medidas que facilitem o comércio nas alfândegas, fomentando o trabalho conjunto e aumentando a eficiência nas relações entre o setor público e o privado na sub-região.

O TIM é um sistema inovador, comparável apenas ao sistema utilizado na União Européia. Este projeto é financiado pelo Fundo da Espanha no BID e é um modelo que deve ser observado pelos membros do MERCSUL.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!