LOADING

Type to search

Suécia redireciona recursos à Cooperação com a China

Share

Semana passada, o governo sueco anunciou seu novo planejamento para a cooperação com a China sobre assuntos climáticos e de meio ambiente. Esta nova estratégia conta com um financiamento de US$ 6,3 milhões e abarca o período até 2013.

 

A Agência Sueca de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (SIDA, em inglês) será a responsável por fortalecer a cooperação entre os dois países e centrarão foco em permitir e apoiar suecos e chineses a criarem, conjuntamente, projetos de “auto-apoio”.

Por outro lado, além da notícia relacionada à intensificação da cooperação entre a Suécia e a China, o governo sueco lançou comunicado no qual anunciou que pretende fechar sua embaixada em Colombo e os consulados gerais em Guangzhou, Kaliningrado, Los Angeles e Nova York.

O fechamento do consulado em Guangzhou estará concluído já em 30 de novembro de 2009 e a responsabilidade das relações com a importante região do sul da China, bem como as atividades consulares, serão transferidas para a Embaixada da Suécia em Beijing.

O governo afirma em seu comunicado que “estas medidas são uma parte necessária para equilibrar o orçamento do Ministério das Relações Exteriores (…)”. Os funcionários do Serviço Externo serão reduzidos à cifra de 100 servidores no ano de 2010 e os custos da agência serão reduzidos para US$ 6,3 milhões (a mesma quantia que a Suécia usará para financiar o programa de Cooperação com os chineses).

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!