LOADING

Type to search

A Pesca no Estado do Rio de Janeiro e a Cooperação Internacional

Share

O estudo “Diagnóstico da Cadeia Produtiva da Pesca Marítima”, de iniciativa da Federação de Agricultura Pecuária e Pesca (Faerj), lançado no dia 12 de agosto, contém o mapeamento completo da atividade pesqueira no estado do Rio de Janeiro e afirma que a informalidade crescente é um dos principais entraves da pesca marítima comercial.

 

Identificou-se também como obstáculos os barcos antigos e pouco eficientes, o uso de tecnologia defasada, a falta de capacitação profissional adequada para os pescadores, a necessidade de investimento em infra-estrutura e o excesso de leis e normas de regulamentação (algumas contraditórias entre si).

O deputado Jorge Picciani (PMDB), presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), afirmou que “o setor (de pesca marítima) garante renda, emprego e alimento para várias famílias em todas as 36 colônias de pescadores do estado. O poder público precisa investir para dar infra-estrutura aos pescadores, para que a atividade possa ser competitiva e lucrativa”. (…).

E continuou a firmando que “temos [no Estado do rio de Janeiro] 25 municípios envolvidos com a pesca marítima, mas queremos também articular a pesca artesanal, que representa 25% do total da pesca e reúne uma quantidade imensa de pescadores (…)”.

O diagnóstico realizado sobre o setor já é um passo importante, que demonstra a seriedade que está sendo dada para o desenvolvimento da pesca, agora, deve ser elaborado o planejamento estratégico deste setor.

Para executar as ações necessárias o estado não terá como investir sozinho no projeto, e este deve considerar as oportunidades que a cooperação internacional oferece para o desenvolvimento, com linhas de financiamentos não-reembolsáveis (não há necessidade de pagar o investimento), com a cooperação técnica extremamente importante para desenvolver as áreas defasadas da pesca, bem comocom apresentação de alternativas para a mesma.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.