LOADING

Type to search

Ativistas denunciam as atuações da Cruz Vermelha norte-americana no Haiti

Share

Segundo o Jornal norte-americano “CBS de Chicago”, 25 ativistas de origem haitiana se manifestaram ante a sede da “Cruz Vermelha” norte-americana, em Chicago, no dia 24 de agosto, para denunciar as atuações desta instituição no marco do terremoto devastador do dia 12 de janeiro.

Os manifestantes afirmaram que a “Cruz Vermelha” estadunidense conseguiu mais de 465 milhões de dólares para intervir nos esforços de resgate depois do terremoto, porém, somente um terço deste valor foi gasto no Haiti.

De acordo com um dos manifestantes que visitou a sua família no Haiti, depois de 12 de janeiro, a “Cruz Vermelha” preferiu desembolsar o dinheiro em altos salários para seus executivos, hotéis e escritório de luxo, aluguéis de veículos etc., ao invés de ajudar verdadeiramente à população haitiana.Observadores estão de acordo que, depois de 12 de janeiro, este caso constitui um copo de água em um oceano.

ORIGINAL

COOPERACIÓN INTERNACIONAL – Activistas denuncian las actuaciones de la cruz roja americana en Haití

Según el Periódico Norteamericano de CBS de Chicago, algunos 25 activistas de origen haitiano han manifestado ante la sede de la cruz roja americana en Chicago este martes 24 de agosto, para denunciar las actuaciones de esta institución en el marco del terremoto devastador el 12 de enero.

Los manifestantes afirmaron que la cruz roja americana ha colectado mas de 465 millones de dólares para intervenir en los esfuerzos de rescate después del terremoto, solamente un tercio  ha sido gastado en Haití.

Según uno de los manifestantes quien ha visitado a su familia  en Haití después del 12 de enero: la cruz roja ha preferido desembolsar el dinero en altos salario para sus ejecutivos, hoteles y oficina de lujo, alquileres de vehículos etc., al vez de ayudar verdaderamente a la población haitiana.

El caso de la cruz roja americana en Haití después del 12 de enero constituye un vaso de agua en un océano.

Tags:
Jean Garry - Porto Príncipe (Haiti)

De nacionalidade haitiana, é formado em Marketing pela Universidad Interamericana de Santo Domingo, possui Pós-Graduação em Gestão de Projetos Sociais pela Universidad Autónoma de Santo Domingo e Mestrado em Economia pela Universidad Internacional de Andalucía (Espanha). É graduado no Curso de Gerenciamento Social do Instituto de Desenvolvimento Social (INDES) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em Washington, e do curso Gestão Estratégica do Desenvolvimento Social e Regional da Comissão Econômica para América Latina (CEPAL) em Santiago do Chile. Tem experiência como Gerente de Marketing em diversas empresas privadas e trabalhou como consultor em Desenvolvimento Comunitário do Ministério de Obras Públicas do Haiti e em diversos projetos de desenvolvimento.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.