LOADING

Type to search

Bill Clinton critica a lentidão da ajuda prometida ao Haiti

Share

Segundo Bill Clinton (ex-presidente dos EUA e assessor especial do Secretário Geral da ONU, Ban Ki-Moon, para o Haiti), o Haiti não é uma causa perdida, mas um país que tem direito a um futuro melhor. O ex-presidente instou aos países desenvolvidos e as Agências de Financiamento a honrar seus compromissos financeiros a favor do Haiti.

 

Clinton seguiu o chamado do Presidente Preval, atual presidente haitiano, que reclamava das organizações internacionais o fornecimento integral e rápido de uma ajuda de US$ 324 milhões, prometidos numa conferência internacional sobre o Haiti, em Washington.

Antes de render uma homenagem ao país pela sua cultura e espírito de um povo de coragem intacta, apesar dos sofrimentos endurecidos durante várias décadas, ele afirmou: “em minha primeira visita ao Haiti, fiquei fascinado com as promessas ao Haiti e seu povo”.

De todo modo, no se acredita que a solução para o país venha do exterior, pois nunca, na história da humanidade, se viu um processo de desenvolvimento exportado. Em todos os setores no Haiti há uma profunda gratidão aos esforços destinados pelo Presidente Clinton, mas, ao mesmo tempo, também existe a convicção de que os haitianos são os verdadeiros responsáveis pelos seus futuros.

 

ORIGINAL

POLÍTICA INTERNACIONAL: Bill Clinton critica la lentitud de la ayuda prometida a Haití

Según Bill Clinton, Haití no es una causa perdida, pero un país que tiene derecho a un mejor futuro. El Ex Presidente y Representante Especial del Secretario General instó a los países desarrollados y a las agencias de financiamientos  a honrar sus compromisos financieros a favor de Haití.

Bill Clinton ha seguido el llamado del Presidente Preval que reclamaba de las organizaciones internacionales el desembolso integral y rápida de una ayuda de 324 millones de dólares prometidas en una conferencia internacional en Washington sobre Haití. “En mi primera visita en Haití, he sido fascinado por las promesas encarnadas por Haití y su pueblo” dijo Bill Clinton antes de rendir un homenaje a Haití por su cultura y el espíritu de un pueblo al coraje intacto a pesar de los sufrimientos endurecidos durante varias décadas.

De todo modo no creemos que la solución para Haití viene del exterior, nunca en la historia de la humanidad vimos un proceso de desarrollo exportado. Todos los sectores en Haití tienen una profunda  gratitud a los esfuerzos desplegados por el Presidente Clinton, al mismo tiempo piensan que los haitianos son los verdaderos responsables de sus futuros. 

Tags:
Jean Garry - Porto Príncipe (Haiti)

De nacionalidade haitiana, é formado em Marketing pela Universidad Interamericana de Santo Domingo, possui Pós-Graduação em Gestão de Projetos Sociais pela Universidad Autónoma de Santo Domingo e Mestrado em Economia pela Universidad Internacional de Andalucía (Espanha). É graduado no Curso de Gerenciamento Social do Instituto de Desenvolvimento Social (INDES) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em Washington, e do curso Gestão Estratégica do Desenvolvimento Social e Regional da Comissão Econômica para América Latina (CEPAL) em Santiago do Chile. Tem experiência como Gerente de Marketing em diversas empresas privadas e trabalhou como consultor em Desenvolvimento Comunitário do Ministério de Obras Públicas do Haiti e em diversos projetos de desenvolvimento.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!