LOADING

Type to search

Share

O encontro entre a presidente do Brasil, Dilma Rousseff e o presidente Hu Jintao foi muito produtivo e promete ampliar a cooperação Brasil-China.

Durante a primeira visita da “Chefe de Estado” brasileira, Dilma, em reuniões com empresários chineses e autoridades do governo fechou cerca de 20 “Acordos de Cooperação”. Tais Acordos estão voltados para às áreas de tecnologia, energia, esportes, agricultura, educação, aviação entre outros.

Eles foram de tal importância, que foram fundamentais para a permanência da Embraer no país, empresa que estava estudando o encerramento de suas operações na China e, além disso, resultou em “Acordo Tecnológico” que poderá impulsionar o desenvolvimento brasileiro no setor.

A visita de Dilma foi vista por alguns analistas como positivo e para outros, superou as expectativas, pois em alguns aspectos eles foram mais relevantes que os assinados entre Dilma e Barack Obama (Presidente dos EUA) durante visita ao Brasil.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!