LOADING

Type to search

Brasil e França pretendem reforçar cooperação triangular no Haiti

Share

Os Ministros de Relações Exteriores do Brasil e da França, Celso Amorim e Bernard Kouchner, realizaram visita conjunta ao Haiti, entre os dias 18 e 20 de setembro, onde se reuniram com o chefe de Estado haitiano, René Préval, o Primeiro-Ministro Michèle Pierre Louis, entre outros membros do governo, para reforçar a cooperação triangular.

 

Um dos principais temas da agenda foi à renovação do mandato da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (Minustah), que termina em meados de outubro. Os dois ministros visitaram os contingentes brasileiros e franceses da Minustah. Segundo o chanceler brasileiro, a missão deve permanecer, ao menos, até a realização das próximas eleições gerais no país. No entanto, ressaltou que esta é uma decisão que dependerá da vontade dos haitianos em manter ou não a Missão.

O ministro francês compartilha da mesma percepção de seu homólogo brasileiro e acrescentou que “a missão da ONU ainda é necessária. Ela é uma segurança, uma garantia contra o retrocesso” (…).

Amorim e Kouchner, firmaramem Porto Príncipe, capital do Haiti, um acordo para a implementação de um banco de leite materno que poderá atender mais de 30 mil bebês de mães com o vírus da AIDS. O Brasil atua com a cooperação técnica, fornecendo sua experiência e expertise, e a França financiará a compra do material necessário para viabilizar o projeto, configurando, assim, uma cooperação triangular, ou seja, dois países que somam esforços e capacidades para cooperar na mitigação de um problema em uma determinada região.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!