LOADING

Type to search

Brasil e Índia definem prioridades para cooperação bilateral científica e tecnológica

Share

No dia 21 de setembro, foi realizada a “1ª Reunião do Conselho Científico Brasi-Índia” na Academia Brasileira de Ciências (ABC), localizada no Rio de Janeiro.

 

Os temas debatidos foram pautados na aplicação de R$ 1,5 milhão, em uma encomenda para desenvolvimento em pesquisas nas ciências de materiais e engenharia, biomédicas e biotecnologia, físicas e matemática, computação, oceanografia e bioenergia. Também  se discutiu a possibilidade da realização de cinco workshops nos dois países.

Este Conselho Científico foi criado com vistas a estabelecer um mecanismo de comunicação, com objetivo de subsidiar os respectivos ministros de Ciência e Tecnologia de Brasil e Índia, sobre as possibilidades de programas bilaterais que promovam um desenvolvimento técnico-científico mútuo.

Na reunião do dia 21 de setembro, os dois países chegaram a pontuar as áreas de interesses para intensificar a cooperação bilateral. A Índia manifesta maior interesse pelos avanços na área da saúde obtido pelo Brasil, principalmente nas pesquisas desenvolvidas em doenças endêmicas e contagiosas, como tuberculose, Aids e malária. Já o Brasil tem maior interesse nos avanços obtidos pela Índia no campo da computação.

As áreas temáticas para a cooperação entre os dois países foram estabelecidas em 2006 e contemplam: química, pesquisas climáticas, ciências marítimas, matemática, física, energias renováveis e sustentáveis, área espacial e a parceria em pesquisa industrial. Deve-se destacar, contudo, que, desde 1985 aÍndia e o Brasil têm firmado um “Acordo sobre Cooperação nos Campos da Ciência e Tecnologia”, que só entrou em vigor em 1990 e, seis anos depois, foi assinada a “Declaração Conjunta sobre a Agenda Brasil-Índia para Cooperação Científica e Tecnológica”.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!