LOADING

Type to search

Carteira de projetos do BID pelo “Fundo Global para o Meio Ambiente” deverá aumentar a partir de julho

Share

Em comunicado oficial, o “Banco Interamericano de Desenvolvimento” (BID) divulgou que nos últimos anos a organização mais que dobrou sua carteira de projetos nas áreas de mudança climática, biodiversidade, conservação do solo e conservação de águas internacionais, no âmbito da parceria com o “Fundo Global para o Meio Ambiente” (GEF, sigla em inglês).

O Banco também proporcionou, em 2009, US$ 61,6 milhões em cooperação técnica, investindo fortemente em eficiência energética, energia renovável, biodiversidade e gestão de riscos de desastres. Atualmente, o BID tem em execução US$ 55 milhões em projetos financiados pelo GEF.

 “O aumento da participação do BID como uma fonte de financiamentos do GEF reflete nossa capacidade de combinar esses projetos com nossos próprios investimentos a fim de alcançar uma meta de desenvolvimento mais abrangente”, declarou Hector Malarin, chefe do “Departamento de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural do BID”. “Além disso, como uma organização multilateral, podemos ampliar o impacto desses projetos ao trazer parceiros privados e públicos para co-financiá-los”, completou.

De acordo com Malarin, a carteira de projetos BID-GEF deve aumentar ainda mais com o quinto período de reposição de recursos para o Fundo, que começa em julho de 2010.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.