LOADING

Type to search

Share

Na semana passada, ocorreu um seminário sobre a reconstrução da região sul da ilha de Formosa. Este seminário contou com a presença de autoridades taiwanesas e de Hao Linna, Vice-Presidente do “Gabinete de Assuntos de Taiwan do Conselho de Estado da China”, manifestando a ajuda da China continental para a reconstrução da ilha.

 

Em agosto de 2009, Formosa foi atingida pelo tufão Morakot, provocando uma enchente que atingiu cidades da região sul da ilha, sendo a pior inundação dos últimos 20 anos, com perdas humanas e perdas materiais multimilionárias.

Ontem, dia 31 de março, o porta-voz do Gabinete chinês afirmou que a Cruz Vermelha da China irá destinar 120 milhões de Yuans, cerca de 17,5 milhões de dólares, para ajudar na reconstrução das áreas atingidas pela enchente.

Em termos gerais, os dois lados do estreito de Taiwan estão obtendo avanços significativos na cooperação sócio-econômica e no turismo, dando a entender que as relações entre eles terão um futuro mais “harmonioso”. Essa ajuda oferecida pela parte continental chinesa é um sinal de que, com o passar dos anos, as relações entre as duas partes progredirão rumo a um entendimento comum.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.