LOADING

Type to search

Com novo Presidente, inicia o “64º Período de Seções da Assembléia Geral da ONU”

Share

O diplomata líbio Ali Treki assumiu, ontem, 15 de setembro, a Presidência da Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em momento no qual o país norte-africano dá passos para normalizar sua posição no cenário internacional, após anos de isolamento.

 

Para maior integração da Líbia à economia internacional, o país deverá investir na cooperação em diversos setores, como forma de diminuir sua dependência do petróleo e abrir novas possibilidades de desenvolvimento.

O país foi alvo de sanções por parte do Conselho de Segurança da ONU durante mais de uma década, devido a acusação de envolvimento no atentado à bomba a um avião da companhia PanAm em 1988, quando sobrevoava a cidade escocesa de Lockerbie, causando 269 mortes.

Após anos de resistência, o Chefe de Estado da Líbia, Muammar Kadafi, aceitou entregar os dois suspeitos do atentado à Justiça escocesa e, gradativamente, iniciou uma aproximação com o Ocidente, pondo fim às sanções impostas pela ONU, Estados Unidos e União Européia (UE).

No primeiro dia do “64º Período de Seções da Assembléia Geral da ONU”, inaugurado ontem, em discurso ao lado do Secretário-Geral da Organização, Ban Ki-moon, o novo presidente da Assembléia Geral afirmou que “o diálogo e o entendimento mútuo são a única maneira de resolver problemas”, qualificando de “infrutíferas” as medidas de pressão como embargos e sanções, pois afirmou que “exacerbam o antagonismo e a rebelião, e prejudicam a vontade da comunidade internacional. Seu único efeito é na população”.

Treki declarou ainda que a ONU necessita ser reformada e democratizada, para recuperar a legitimidade internacional perdida, devido, principalmente, a sua ineficácia em implementar ou fazer valer suas resoluções.

SOBRE A ASSEMBLÉIA GERAL DA ONU

A Assembléia Geral, estabelecida em 1945, em virtude da Carta das Nações Unidas, é o principal órgão deliberativo e de formulação de políticas do Organismo. A Assembléia é integrada por 192 Estados-Membros da ONU e disponibiliza um foro para o debate multilateral das principais questões e desafios internacionais.

O programa deste “64º Período de Sessões da Assembléia Geral” está classificado em nove seções principais:

1-      Manutenção da paz e segurança internacionais;

2-   Promoção do crescimento econômico e do desenvolvimento sustentável, em conformidade com as resoluções pertinentes da Assembléia Geral, e as recentes conferências das Nações Unidas;

3-      Desenvolvimento da África;

4-      Promoção dos Direitos Humanos;

5-      Coordenação eficaz das atividades de assistência humanitária;

6-      Promoção da justiça e do direito internacional;

7-      Desarmamento;

8-    Fiscalização das drogas, prevenção do delito e luta contra o terrorismo internacional, em todas suas formas e manifestações;

9-      Assuntos administrativos e de organização.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.