LOADING

Type to search

Cooperação Energética: Estatal Russa abrirá escritório no Brasil

Share

Alexander Medvedev, diretor-geral da “Gazprom Export” e membro do Conselho Administrativo desta estatal russa, anunciou que, em breve, deverá abrir uma filial no Brasil, já pensando em negócios com a Petrobrás e em alguns países latino-americanos, como a Argentina, a Bolívia, o Peru e a Venezuela.

 

A Gazprom iniciou as conversas para abrir uma filial no Brasil, no final de 2008, pouco depois de o presidente russo, Dimitri Medvedev, ter feito uma visita oficial ao país. Segundo Medvedev, resta apenas concluir processos de autorização para abertura do escritório.  

Em conversa com a imprensa latino-americana na “24ª Conferência Mundial do Gás”,em Buenos Aires, o diretor da Gazprom declarou que a Petrobras deu “novos passos na cooperação” com a sua empresa no campo do gás natural liquefeito (GNL), assim como em outros setores energéticos.

A presença mais forte na América Latina faz parte da estratégia global da companhia russa, cuja meta é conquistar 25% do mercado mundial de gás até 2020, quando a Gazprom prevê alcançar uma produção de 80 milhões a 90 milhões de toneladas anuais de GNL.

Atualmente, a Gazprom participa de um consórcio liderado pela estatal venezuelana PDVSA (Petróleos de Venezuela S/A) para a exploração de hidrocarbonetos na Bacia do Orinoco.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.