LOADING

Type to search

Crise financeira global, a ponte do estreitamento das relações entre Taiwan e China

Share

A crise financeira aproximou ainda mais a China continental de Formosa (Taiwan). As duas partes, que durante décadas não se entendiam diplomaticamente, estão trabalhando, agora em 2009, de forma conjunta, em acordos de estreitamento diplomático e de cooperação econômica.

A China continental é o principal parceiro comercial de Taiwan. Isso refletiu nos diálogos diplomáticos, abrindo as fronteiras de maneira direta pelo mar e pelo ar entre a ilha de Formosa e a parte continental, a República Popular da China, sem precisar mais passar por Macau e Hong Kong.

Ontem, dia 3 de novembro, Jia Qinglin, presidente da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPCh), se reuniu com representantes do setor comercial e industrial taiwanês no “Fórum dos Sindicados dos Dois Lados do Estreito de Taiwan2009”, realizado em Beijing, China.

Para Qinglin a crise econômica foi um fator que impulsionou a cooperação entre as duas partes e, embora a situação econômica mundial esteja saindo da recessão, é fundamental que a cooperação seja ampliada para que a parte continental ajude ainda mais a recuperação de Taiwan e reforce os laços comerciais.

Durante o evento, ambas as partes discutiram sobre consultas econômicas com a finalidade de defender os interesses dos direitos legítimos dos dois lados, reforçando da cooperação econômica, através do incentivo de investimentos em Taiwan e incentivos aos empresários taiwaneses na parte continental.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!