LOADING

Type to search

Durante o “Fórum Urbano Mundial”*, Brasil e Moçambique firmaram acordo de cooperação técnica em desenvolvimento urbano

Share

Ontem, dia 22 de março, durante o “Fórum Urbano Mundial”, Brasil e Moçambique firmaram um acordo de cooperação técnica de desenvolvimento urbano, dentro do projeto de cooperação bilateral, iniciado em 2007.

Esta é a segunda fase do projeto, que visa apoiar o desenvolvimento urbano no país africano, membro da “Comunidade dos Países de Língua Portuguesa” (CPLP).

Realizado a cada dois anos, o “Fórum Urbano Mundial” está na quinta edição. Com o lema “Direito à Vida: Unindo o Urbano Dividido”, o evento deste ano tem por objetivo sensibilizar governos e empresários em relação aos impactos e desafios da urbanização para as comunidades carentes, economias locais e o meio ambiente, além de contribuir para a redução das favelas.

O evento se estenderá até sexta-feira, dia 26 de março, com temas divididos em seis eixos: (1) Levando Adiante o Direito à Cidade; (2) Unindo o Urbano Dividido; (3) O Acesso Igualitário à Moradia; (4) Diversidade Cultural, (5) Governança e Participação e (6) Urbanização Sustentável e Inclusiva. Também serão apresentadas soluções em gestão urbana desenvolvidas por governos, agências das “Nações Unidas” e organizações não governamentais.

—————————————————————————————————————————————-

*Para maiores informações sobre o “Fórum Urbano Mundial”, acesse: http://wuf5.cidades.gov.br

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta