LOADING

Type to search

Em fase de encerramento as atividades dos EUA na base militar de Manta, no Equador

Share

Durante vários anos os EUA tiveram no Equador (Base Militar de Manta – 1999) uma das principais bases militares para o combate ao narcotráfico, realizando o monitoramento da região, em apoio ao Plano Colômbia.

 

Com a nova Constituição equatoriana, as tropas dos EUA são obrigadas a se retirar do país, uma vez que se tornou inconstitucional a permanência de tropas estrangeiras no seu território. A Base de Manta permitia o pouso e decolagem de aeronaves que davam uma cobertura em ampla área da Amazônia, por essa razão teve crítica de vários governos na América do Sul, em especial da Venezuela e da Bolívia que viam ali um enclave dos EUA para realizar qualquer incursão nos territórios dos países de linha bolivariana.

Para os EUA as alternativas anunciadas até o momento são três bases no território colombiano, que até o momento já receberam aportes na casa de U$ 4 bi ao longo do Planos Colômbia de combate ao tráfico de drogas. Sabe-se, contudo, da possibilidade de se transferir a Base para o Peru, que pode ser, estrategicamente mais adequado aos norte-americanos. Restam ainda 450 militares, tendo sido anunciado que a retirada total se dará até setembro, quando a Base será fechada e entregue aos equatorianos.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.