LOADING

Type to search

Share

O “Ministro do Meio Ambiente do Japão”, Sakihuto Ozawa, está em visita ao Brasil para conhecer as técnicas brasileiras na produção de etanol e bio-combustível e levar o conhecimento obtido ao seu país.O Japão está trabalhando em seu projeto denominado Etanol 3 (ET3), um projeto que visa o uso de 3% até 10% deste combustível no Japão. Com o objetivo de reduzir em até 25% de emissão de gás carbônico, o governo japonês trabalha nos meios possíveis do uso do bio-combustível, etanol e outras fontes de energias renováveis e menos poluente.

Durante sua visita ao Brasil, o ministro japonês se encontrou com o diretor de etanol da “Petrobrás”, Ricardo Castelo Branco, para conversar sobre os meios de produção de etanol e bio-combustível no país e sobre os custos e variáveis dos preços finais destes combustíveis, observando sua implementação no Estado brasileiro.

Ozawa visitou a “Usina de Etanol de Guaraci”, no Estado de São Paulo, o que agradou muito o ministro e também o governo japonês. O ministro informou que este projeto no Japão é complicado de ser implantado, devido a extensão territorial do país e as diferenças entre Brasil e Japão relacionadas aos materiais biológicos para a produção de fontes alternativas de energia.

A pedido de Tokyo, algumas informações discutidas entre japoneses e brasileiros durante a visita de Ozawa não foram divulgadas aos meios de comunicação. Alguns analistas especulam uma possível cooperação entre os dois países em projetos similares com a finalidade de atender as atuais necessidades energéticas do Japão.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!