LOADING

Type to search

EUA deverá fortalecer a parceria estratégica com Angola

Share

Em uma palestra sobre a “Parceria estratégica entre os Estados Unidos e Angola – perspectivas e desafios”, o encarregado de “Negócios da Embaixada dos Estados Unidos em Angola”, David Brooks*, declarou que os dois países pretendem fortalecer a parceria estratégica para lidar com os temas relevantes da cooperação bilateral.

Para viabilizar o fortalecimento da parceria estratégia os EUA e Angola promoverão a criação de grupos de trabalho nas diversas especialidades e favorecerão uma prospecção de áreas mutuamente vantajosas.

David Brooks considerou ainda que o mais importante é coordenar as agendas e possibilitar que os grupos de trabalho façam a sua tarefa, para dar conteúdo técnico às iniciativas das delegações de ambos os países.

Brooks declarou que o governo do seu país elogiou a iniciativa do governo angolano em explorar o desenvolvimento da energia eólica, além do empenho das autoridades na reconstrução nacional e o crescimento econômico do país.

——————————————————————————————————————————————————————–

* David Brooks é funcionário do Departamento de Estado há 17 anos. Serviu na Polônia, Venezuela, Nicarágua, Peru e Brasil. Encontra-se em Angola há seis meses, como encarregado de Negócios da Embaixada norte-americana. Com o fim da missão de Dan Mozena, David Brooks desempenha interinamente o cargo de Embaixador, até a nomeação de um novo representante de Washington em Luanda.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.