LOADING

Type to search

EUA, UE e ONU declaram compromisso conjunto na reconstrução do Haiti

Share

No dia 18 de fevereiro, a União Européia (UE), os Estados Unidos da América (EUA) e a Organização das Nações Unidas (ONU) afirmaram, ao final de uma reunião informal de ministros de Desenvolvimento, o compromisso de trabalhar conjuntamente e em longo prazo pela recuperação do Haiti, devastado pelo grande terremoto de 12 de janeiro.

Nesta reunião, realizada na cidade espanhola de La Granja, o chefe da “Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional” (USAID), Rajiv Shah, declarou que aspira trabalhar em coordenação com a UE, a ONU e outros atores envolvidos na recuperação do Haiti.

A “comissária européia de ajuda humanitária”, Kristalina Georgieva, afirmou que o problema enfrentado pelo Haiti não é tanto de financiamento, mas de sua “capacidade de absorção“.

Complementando o raciocínio da “comissária européia”, o representante máximo da ONU no Haiti, Edmond Mulet, defendeu uma divisão geográfica e temática do trabalho no Haiti para evitar a redundância de tarefas. Em sua opinião, “há muita boa vontade e generosidade, mas é necessária mais capacidade de coordenação porque os desafios são enormes“.

De acordo com o “Ministério de Assuntos Exteriores e de Cooperação da Espanha”, esta reunião serviu para discutir algumas das iniciativas que serão levadas à próxima Cúpula dos países doadores para a reconstrução do Haiti, prevista para abril, na sede das Nações Unidas em Nova York.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.