LOADING

Type to search

FMI aprova 471 milhões de dólares para o Iraque

Share

O “Fundo Monetário Internacional” (FMI) concordou, no dia 18 de março, em desembolsar US$ 471 milhões para o Iraque, após a realização de análise dos progressos realizados em matéria de políticas econômicas, associadas a um empréstimo de US$ 3,6 bilhões.

O “Vice-Presidente de gestão do FMI”, Naoyuki Shinohara, declarou que “maiores gastos com investimento [no Iraque] são essenciais para ajudar a criar um setor privado dinâmico que ofereça oportunidades de emprego (…) ajudando assim a reduzir a pobreza”.

O “Conselho de Administração do FMI” também prorrogou a vigência do empréstimo por cinco meses, até julho de 2012, informou o Fundo em comunicado oficial. Esta prorrogação, segundo a Organização, é necessária para garantir uma estabilidade econômica e para o avanço das reformas institucionais e estruturais.

O FMI também destacou a necessidade do Iraque construir um melhor sistema de gestão financeira, tendo em conta o crescimento previsto nas receitas de petróleo e gás. Um dos maiores obstáculos políticos para o país tem sido como dividir e distribuir a riqueza do petróleo entre as regiões, pois cada grupo, desde os curdos, xiitas e sunitas, defende maior participação nestes lucros, dificultando o consenso nesta área.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!