LOADING

Type to search

IPEA e Angola firmam parceria para realizar estudos sobre a reconstrução angolana e a elaboração de um modelo macroeconômico

Share

O “Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada” (IPEA), do Brasil, e o “Ministério da Coordenação Econômica de Angola” firmaram uma parceria que vai permitir o intercâmbio técnico entre os dois países para realizar estudos sobre a reconstrução angolana após a guerra civil e a elaboração de um modelo macroeconômico, destacou um comunicado divulgado pelo IPEA.

De acordo com o Presidente do IPEA, Marcio Pochmann, o Instituto tem acordos internacionais com outros países, mas nenhum desta magnitude.

Para o Diretor do “Gabinete de Acompanhamento da Gestão Macroeconômica de Angola”, Carlos Panzo, a parceria é muito importante para seu país. “Somos um país jovem, independente há 35 anos, mas contamos como oito, porque no restante do tempo estivemos em guerra. Fizemos muito, mas ainda há muito a fazer”, destaca Panzo, citado pelo IPEA.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!