LOADING

Type to search

Share

Após ser comunicada a doação de US$ 3 milhões do governo japonês e 1 milhão de Yuans (aproximadamente, cento e cinqüenta mil dólares) da China ao Chile, ambos Estados já estão anunciando novos meios de ajudar o país sul-americano.

Logo após o terremoto no Chile, o Japão já se preparava para um tsunami, que chegou ontem, dia 2 de março, na costa norte do país, invadindo 200 metros de terra.

Mesmo sofrendo com este problema (o tsunami), o governo japonês não recuou em sua palavra. Manteve a doação aos chilenos e já providencia o fornecimento de barracas, purificadores de água e geradores de energia.

Além da ajuda emergencial em dinheiro, o governo chinês informou que continuará encaminhando auxílio médico e equipes de resgates ao Chile. O presidente da China, Hu Jiabao, afirmou que manterá este apoio ao país que, hoje, apresenta boas relações com Beijing.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.