LOADING

Type to search

O Governo espanhol vai aumentar em 15% a ajuda financeira à África

Share

Segundo declarações dadas à Agência Lusa pelo embaixador da Espanha em Moçambique, Eduardo López Busquets, o Governo espanhol vai aumentar em 15% a ajuda financeira à África, chegando a mais de 3 bilhões de euros, no quadro do “Plano para África 2009-2012”.

O continente africano tornou-se uma prioridade estratégica e política da ação externa espanhola“, por isso “40% da ajuda da cooperação espanhola vai para África“, disse o diplomata.

Eduardo López Busquets apresentou em Maputo, capital moçambicana, o “Plano África 2009-2012”, documento que define novas estratégias e objetivos para o continente africano, sobretudo, em relação à África subsaariana.

Este “Plano”, o qual defende que a política africana “deve traduzir-se num esforço sustentado de longo prazo“, prioriza a consolidação da democracia, a paz, a segurança, a luta contra a pobreza, a promoção das relações econômicas e o desenvolvimento do continente.

O documento orientador da política externa de cooperação espanhola para os próximos três anos dá prioridade ao “estabelecimento de políticas migratórias coordenadas e coerentes“, indicando que a sua concretização depende de “um trabalho conjunto e constante“.

A cooperação entre Espanha e Moçambique, que dura 30 anos, pretende, neste momento, consolidar o trabalho nas áreas de Saúde e Educação, fortalecimento de aspectos de governabilidade, a igualdade de gênero e a estratégia espanhola de cultura para o desenvolvimento.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!