LOADING

Type to search

Portugal pretende iniciar 2010 com iniciativas de Cooperação Trilateral com o Brasil

Share

Nesta última sexta-feira, dia 27 de novembro, o Secretário de Estado das Relações Exteriores português, José Gomes Cravinho, afirmou à Agência Lusa, que Portugal pretende iniciar o próximo ano com iniciativas de “Cooperação Trilateral” com o Brasil, para que elas possam ser implantadas tanto na região latino-americana como na África. Na Cooperação Trilateral, dois países parceiros implantam conjuntamente um projeto de cooperação em um terceiro país, sendo este último o beneficiário da cooperação realizada.

Temos muito a oferecer cada um de nós. Temos vindo a trabalhar com o Brasil por circunstâncias conjunturais e o que me parece ser agora adequado é o estabelecimento de uma cooperação trilateral, Portugal-Brasil e países terceiros“, afirmou Cravinho.

De acordo com as informações fornecidas à Agência Lusa, Portugal não tem como objetivo ser “um grande doador” na América Latina, preferindo, por “razões de eficácia“, concentrar a maior parte da ajuda aos países de língua portuguesa.

No entanto, de forma modesta, os portugueses pretendem diversificar sua cooperação para os países da América Latina, pois como afirmou o Secretário, o “relacionamento com mundo ibero-americano não permite ignorar as principais questões que afetam esses países”.

Esta diversificação já pode ser notada, de acordo com descrito no relatório preparado pela Secretaria-Geral Ibero-americana (SEGIB), com o apoio da cooperação espanhola e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), no qual incluiu ainda detalhes sobre os fluxos de “Apoio Oficial ao Desenvolvimento” (AOD), canalizados para a região latino-americana.

O relatório destaca que, os fundos “deixaram de concentrar-se no Brasil (destino tradicional da cooperação portuguesa) e diversificaram-se geograficamente para 10 novos sócios receptores (entre os quais se destacaram a Argentina, a Venezuela e o Uruguai)”.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!