LOADING

Type to search

SEGIB publica o “II Relatório da Cooperação Sul-Sul na Ibero-América”

Share

A Secretaria Geral Ibero-Americana (SEGIB) publicou o “II Relatório da Cooperação Sul-Sul na Ibero-América”*, o qual apresenta informações como a identificação e caracterização desta modalidade de Cooperação e inclui uma análise sobre os fluxos da “Ajuda Oficial ao Desenvolvimento” (AOD), que é direcionada para América Latina.

Miguel Hakim, Secretário de Cooperação de SEGIB, observou que o relatório pode ser visto como uma atualização do mapa feito pela SEGIB, nos anos de 2004 e 2005, com um duplo objetivo: fazer avançar o conhecimento da cooperação, da qual participa a comunidade ibero-americana, e iniciar uma análise sobre este assunto.

Segundo informações do Relatório, Argentina, Brasil, Colômbia, Cuba, Chile, México e Venezuela, estão liderando o maior número de ações na Cooperação Sul – Sul.

O estudo também identifica cinco desafios relacionados à Cooperação Sul-Sul, ainda pendentes de resolução:

1- Necessidade de proporcionar uma utilização mais eficiente dos recursos disponíveis;

2- Não se distanciar da busca de um autêntico consenso regional, no que se refere à definição das modalidades de Cooperação Sul-Sul, bem como sua quantificação por meio de uma metodologia comum;

3- Necessidade de solucionar as dificuldades financeiras que enfrenta esta modalidade da Cooperação;

4- Repensar a forma como coordenar as ações de Cooperação Sul-Sul, analisando as vantagens que poderiam ter uma coordenação centralizada por uma única Agência Estatal, ao invés de ações que dependem de vários ministérios;

5- Encontrar formas que garantam, por um lado, a complementaridade da cooperação realizada com as estratégias nacionais de desenvolvimento e, por outro lado, a possibilidade de que os projetos possam continuar com os recursos locais.

* http://jornal.ceiri.com.br/wp-content/uploads/2009/12/Sur-Surweb.pdf

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!