LOADING

Type to search

Senado dos EUA aprova resolução para capacitar e fortalecer a USAID

Share

O atual sistema de gestão nas ações de desenvolvimento global dos Estados Unidos está desatualizado, com falta de coordenação e estratégia global. Para o desenvolvimento internacional tornar-se um forte pilar da política externa dos EUA (como parte dos três “D’s” – desenvolvimento, diplomacia e defesa – da Estratégia de Segurança Nacional*), o sistema de gestão deve ser modernizado para enfrentar de forma eficaz os desafios do século XXI. Desta forma, os especialistas em desenvolvimento devem ser considerados como essenciais para a tomada de decisão em questões relacionadas à política externa dos EUA.

Dentre outros pontos, a resolução solicita ao Senado o fornecimento de recursos adequados para a USAID, um poder adicional para contratar Serviços Exteriores e pessoal de apoio.

O senador Dodd, membro sênior da Comissão de Relações Exteriores do Senado, em comunicado plenário, afirmou que “Para a política de desenvolvimento dos EUA e, por extensão, a política externa ter sucesso em longo prazo, a USAID deve ser um órgão independente para poder defender o que melhor sabe efetivamente fornecer e implementar: ajuda externa” e, também, “Há muito que se compreendeu que o desenvolvimento internacional é um aspecto extremamente importante da nossa política externa. Já era tempo de corresponder a essa realidade com um compromisso real e significativo“.

Em outra declaração, o senador Durbin complementou o que disse Chris Dodd, quando afirmou que “A posição dos EUA no mundo sobre a Ajuda para o desenvolvimento estrangeiro é tão crítico, como a diplomacia e defesa. Ela não só fornece ajuda aos mais necessitados, mas é também um símbolo dos valores americanos”.(…) “Os líderes militares e civis, ambos concordam: uma forte estratégia de desenvolvimento é fundamental para nosso sucesso em longo prazo.”

* Para mais informações: http://www.webceiri.com.br/site/index.php?option=com_content&view=article&id=601:cooperacao-internacional-afeganistao-campo-experimental-para-uma-novacooperacao&catid=85:analises-de-conjuntura&Itemid=86

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.