LOADING

Type to search

Share

As empresas petrolíferas Shell, PetroChina, Mitusbishi e “Korea Gas Corp.” aceitaram trabalhar de forma conjunta em um Projeto de “Gás Natural Liquefeito” (GNL) no Canadá. Segundo dados divulgados pela imprensa, cerca de 24 milhões de toneladas de gás poderão ser produzidas por ano e cada empresa terá seu percentual, de acordo com seus investimentos individuais efetuados.

 

Foi acordado que a Shell será detentora da maior parte da produção, ficando com 40% do total, enquanto as demais empresas terão 20% de participação cada. Para tal Projeto já é prevista a construção de uma “Usina de Liquefação de Gás”, o necessário para o Armazenamento e a logística adequada para a exportação do GNL.

A PetroChina deu destaque ao empreendimento em suas notas divulgadas à imprensa chinesa. Ela está muito confiante no futuro do Projeto de GNL” no Canadá, que contribuirá para um novo fortalecimento das relações comerciais entre chineses e canadenses*, afirmou a Xinhua o vice-presidente da PetroChina: Bo Qiliang.

O Projeto será positivo para os países asiáticos, pois é mais uma alternativa para substituir parte do uso de combustíveis fósseis por outra fonte menos poluente. Atualmente, a Ásia tem os melhores compradores do produto. Enquanto nos “Estados Unidos” os preços giram em torno de US$ 2,00 a 2,50 por milhão de metro cúbito, no continente asiático esses valores giram em torno de US$18,00.

—————–

Fontes:

* VerCRI”:

http://portuguese.cri.cn/561/2012/05/16/1s151185.htm

VerEnergy Asia”:

http://www.energyasia.com/public-stories/asia-shell-petrochina-mitsubishi-corp-and-korea-gas-corp-to-develop-giant-lng-project-in-western-canada

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!