LOADING

Type to search

Coreia anuncia medidas para facilitar empréstimos a Startups e PMEs

Share

Reguladores financeiros coreanos anunciaram nesta terça-feira, dia 26 de agosto de 2014, que mais empréstimos serão concedidos a startups e PMEs locais. O anúncio foi realizado após a manifestação da presidente coreana Park Geun-hye durante reunião com o Conselho Consultivo Econômico de que uma reforma regulatória é necessária para estimular a economia do país[1].

A Comissão de Serviços Financeiros informou que procurará reduzir em 90% a responsabilidade de funcionários das instituições bancárias sobre a concessão de maus empréstimos. Aliado a isso, procurará incentivar as instituições a encorajarem seus funcionários a serem mais ativos no oferecimento de financiamentos a empresas de tecnologia[2].

O argumento de analistas financeiros dos Bancos é de que o risco envolvido na concessão de empréstimos para PMEs da área de tecnologia é maior em razão da dificuldade de avaliarem o potencial de comercialização da tecnologia.

Mesmo que a proporção de empréstimos com caução tenha aumentado em quase 5% no ano passado (2013) em relação a 2008, passando de 39,7% para 44,5%, e os empréstimos garantidos, de 10,2% para 13,4%, os empréstimos para capital de giro diminuíram de 50% para 42,1% no mesmo período avaliado, dificultando o acesso a empréstimos pelas PMEs. A participação de PMEs nos empréstimos concedidos a empresas passou de 83,1% em 2009 para 73,3% em 2014[3].

—————————————————————————

Imagem Presidente Park Geun-hye pronuncia-se em reunião do Conselho Consultivo Econômico realizado na terça-feira, dia 26.08.2014, em Seul” (Fonte Korea Herald):

http://res.heraldm.com/content/image/2014/08/26/20140826001362_0.jpg

—————————————————————————

Fontes Consultadas:

[1] Ver

http://www.koreaherald.com/view.php?ud=20140826000894

[2] Ver

http://www.koreatimes.co.kr/www/news/biz/2014/08/488_163620.html

[3] Ver

http://www.koreatimes.co.kr/www/news/biz/2014/08/488_163620.html

Camila Vieira - Colaboradora Voluntária

Graduada em Relações Internacionais pelas Faculdades Metropolitanas Unidas, realizou intercâmbio na Universidade de Lodz e especialização em Administração na EAESP-FGV. Ampla experiência na área internacional obtida em consultoria estratégica, organização multilateral, entidade de classe, agência governamental e de notícias, sempre com foco na expansão de operações internacionais e de PMEs. No momento, atua em projetos de internacionalização e articulação institucional e prepara-se para iniciar Mestrado em Políticas Públicas.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!