LOADING

Type to search

“Coreia do Norte”: EUA são a causa de novos testes nucleares

Share

Nesta semana, a “Coreia do Norte” anunciou que investirá em “auto-defesa” devido à “pressão diplomática” dos Estados Unidos, a qual se intensificou após o fracasso no mês de abril do lançamento do alegado satélite norte-coreano.

 

A notícia chegou imediatamente após os norte-americanos, juntamente com líderes da “Coreia do Sul”, da China e do Japão terem se encontrado na segunda-feira e emitido um comunicado claro solicitando que o país desistisse de seu “Programa Nuclear”. Vale ressaltar que, na semana anterior, foi especulado pelo Governo da “Coréia do Norte” que não mais sejam realizados testes nucleares.

Um oficial norte-coreano declarou à agência noticiosa estatal do país (KNCA): “Desenvolvemos o programa nuclear para autodefesa por causa da política hostil dos Estados Unidos em reprimir, à força, a República Democrática Popular da Coreia [nome oficial da “Coreia do Norte”] e continuaremos a expandir-nos e a desenvolvermo-nos sem parar enquanto durar essa política hostil”*.

Com a pressão dos EUA e da comunidade internacional contra seus planos nucleares, os norte-coreanos deixam a entender que adotarão uma postura para bater de frente com os líderes mundiais, numa forma de comunicar “que as grandes potências não influenciam nas decisões de Pyongyang”*.

Ainda para o noticiário local, um dos porta-vozes do Ministério norte-coreano dos “Negócios Estrangeiros” disse: “Desde o início que não pretendemos adoptar uma tal medida militar como um teste nuclear, antes planeámos lançar um satélite científico e técnico com objectivos pacíficos”*.

Analistas avaliam que se forem consideradas as atitudes do país e da comunidade internacional perante o tema, percebe-se que não existe um diálogo para a negociação pacífica, ficando evidente que isso não ocorre devido a inflexibilidade de ambas as partes que não cedem suas posições tentando chegar a um acordo.

—————

Fontes

* Ver:

http://www.publico.pt/Mundo/coreia-do-norte-em-expansao-do-programa-nuclear-1547270

—————

Ver Também:

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=573993

Ver tambémVoz da Rússia”:

http://portuguese.ruvr.ru/2012_05_22/Coreia-do-Norte-EUA-Ameaca-sancoes-programa-nuclear/

 

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!