LOADING

Type to search

Share

Recentemente, a “Coreia do Norte” se auto-proclamou um “Estado com Armas Nucleares”, mas, desta vez, não o fez apenas com um comunicado governamental para a comunidade internacional, a declaração foi estampada em sua Constituição que passou por processo de revisão neste mês de maio. Segundo informações disponibilizadas para a imprensa da região, antes de sua morte, o então líder máximo do país, Kim Jong-Il, estava trabalhando na revisão da Constituição norte-coreana.

 

Numa parte da “Carta Magna” revisada está escrito: “O presidente da Comissão Nacional de Defesa, Kim Jong-il, havia convertido nossa pátria de um Estado invencível de ideologia política, para um Estado com armas nucleares e uma potência militar invencível”* (adaptado da fonte em espanhol).

A revisão constitucional preocupa os demais estados vizinhos, pois as negociações para a desistência do “Programa Nuclear” norte-coreano parecem não ter dado resultados favoráveis a desnuclearização do país que está praticamente irredutível em sua posição de não por fim aos objetivos bélicos nucleares.

——————

Fontes:

* VerNAENARA” (“Gov. N.KOREA”):

http://naenara.com.kp/en/great/constitution.php

——————

Ver tambémYONHAP”:

http://spanish.yonhapnews.co.kr/northkorea/2012/05/30/0500000000ASP20120530003400883.HTML

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!